Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Terça-feira, 15 de agosto de 2017 08h43


ENERGISA

Problemas no fornecimento de energia elétrica serão debatidos em audiência pública

A audiência será realizada na próxima segunda-feira (21), às 14h30, no auditório Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso

RAPHAELLA PADILHA / ASSESSORIA DE GABINETE



Deputado Dilmar Dal' Bosco (Foto: JLSiqueira/ALMT)

Na próxima segunda-feira (21), os serviços prestados pela concessionária de energia de Mato Grosso –Energisa,  serão tema de uma audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa. De acordo com requerimento apresentado pelo deputado Dilmar Dal’ Bosco (DEM), existem reclamações em diversos municípios quanto à disponibilidade de energia no estado, à paralisação das obras e à demora em aprovar os projetos com descumprimento de prazos.

O parlamentar explica que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou o ano de 2020 como data-limite para que as concessionárias promovam a universalização da energia, garantindo o acesso à eletricidade para domicílios, centros comunitários de produção e escolas do meio rural. A resolução determina que sejam atendidos 15 municípios por ano, mas, de acordo com Dilmar, houve exclusão de diversas famílias em cidades já atendidas pelo programa.

“Só não têm acesso à universalização da energia regiões remotas atendidas por sistemas isolados, todo o restante das áreas rurais precisam ser acolhidas pela Energisa, mas não é isso que está ocorrendo. Recebi reclamações de pessoas de Nova Ubiratã, Vera, Nova Guarita, enfim, de moradores de diversas cidades afirmando que haviam sido excluídas da universalização”, afirmou.

Dal’ Bosco afirma ainda que foi procurado por representantes Associação Mato-Grossense dos Engenheiros Eletricistas (AMEE), que questionavam a falta de relacionamento entre clientes e a concessionária no tocante à aprovação dos projetos, o  que contraria o Resolução da Aneel nº 414/2010, norma que estabelece condutas e prazos fixos para análise documental.

O presidente da AMEE, Edson Domingues de Miranda, conselheiro do Crea (Conselho Regional de Engenharia), detalha a situação. “A associação vem atuando no sentido de fazer estas discussões há meses, pois constatamos que não estavam respeitando prazos, obras não estão sendo executadas e a sociedade vem perdendo. São ligações atrasadas, falta de fiscalização de padrões ineficientes, entre outros pontos. O importante agora é que a sociedade participe e aproveite a audiência para chegarmos a uma mudança”, detalha Edson.

A audiência será realizada na próxima segunda-feira (21), às 14h30, no auditório Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.


Gabinete do deputado Dilmar Dal'Bosco

Telefone: (65) 3313-6838


Associadas


Imagens