Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Terça-feira, 25 de outubro de 2016 20h03


SISTEMA PRISIONAL

Dilmar intermedeia regularização dos débitos com os fornecedores de alimentação prisional

Em média, nove mil alimentações são servidas diariamente aos reeducandos

RAPHAELLA PADILHA / ASSESSORIA DE GABINETE



O líder de governo na ALMT, deputado estadual Dilmar Dal’ Bosco (DEM) acompanhou, nesta terça-feira (25), uma comissão formada por fornecedores de alimentação  para o sistema prisional de Mato Grosso, que cobrou do secretário-chefe da Casa Civil em exercício, José Adolpho de Lima Avelino Vieira,  a regularidade nos pagamentos e o reajuste dos valores pagos às refeições fornecidas nas 64 unidades prisionais do estado.

Em média, nove mil alimentações são servidas diariamente aos reeducandos. De  acordo com os empresários,  o preço pago  pelas três refeições diárias varia entre R$ 18 e R$ 21, valor insuficiente para cobrir os custos de produção. Quanto aos atrasos no repasses,eles afirmam que estão sem receber desde o mês de julho, ocasionando problemas com o pagamento dos fornecedores de insumos, serviços  e na manutenção da certidão negativas, uma exigência  contratual do governo de Mato Grosso.

“Reconhecemos o atraso nos repasses dos fornecedores, mas estamos trabalhando para quitar essas pendências, até por que existe uma questão contratual, uma vez que o acúmulo de 90 dias pode resultar em rescisão. Ainda hoje vamos nos reunir com a responsável financeira da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos,  a fim de acordarmos uma data para o pagamento das notas empenhadas”, comprometeu-se José Adolpho.

Presente a reunião,  o vereador eleito pelo município de Peixoto de Azevedo, Nilmar Miranda (DEM) afirmou que teme pelo paralisação no fornecimento de refeição à cadeia pública local, onde a qualidade é conhecida pela população carcerária.

“É certo que  os fornecedores do Estado necessitam de reserva de caixa, mas a paralisação por tempo prolongado do pagamento  inviabiliza a quitação dos débitos com os credores, e pode resultar em paralisação dos serviços. Temo que isso ocorra em nosso município e possa ser fator de revolta entre os presidiários, que se mostram bastante contentes com a qualidade das alimentações  recebidas diariamente”, pontuou o vereador.


Gabinete do deputado Dilmar Dal'Bosco

Telefone: (65) 3313-6838


Associadas


Imagens