Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Terça-feira, 28 de maio de 2019 17h46


RURAL

Comissão Agropecuária recebe o Plano Estratégico de Erradicação da Febre Aftosa

A reunião será na sala de comissões 201, 'deputado Oscar Soares', na Assembleia Legislativa

VÂNIA NEVES / Gabinete do deputado Nininho



Foto: Helder Faria

Nesta quarta-feira (29), às 15 horas, a Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e Regularização Fundiária vai receber a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), que na oportunidade representará a Equipe Gestora do PNEFA-MT. O objetivo da reunião solicitada pela entidade ao presidente da comissão, deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, é apresentar o Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa 2017-2026.

De acordo com o ofício enviado ao presidente da comissão, a pauta vai tratar do plano nacional para consolidar a condição sanitária com relação à febre aftosa,  fortalecer as medidas de prevenção e vigilância contra a doença, avançar com a zona livre sem vacinação em todo o território nacional, conjugando esforços públicos e privados no que diz respeito à proteção sanitária e certificação da população pecuária.

Conforme a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), atualmente o Brasil tem 100% do rebanho bovino e bubalino livre da febre aftosa com vacinação. “O objetivo da reunião é apresentar para os parlamentares que Mato Grosso está muito próximo de cumprir todas as etapas necessárias para que em breve alcance o status de Estado livre da febre aftosa sem vacinação”, explicou o vice-presidente do Sistema Famato, Francisco Olavo.

Para o deputado, que acompanha de perto as ações do segmento, o programa está previsto para que até 2021 Mato Grosso adquira o certificado de “livre da febre aftosa” sem vacinação.

“Isso representa um grande avanço econômico, já que o estado é um dos maiores produtores e exportadores de proteína animal, acredito que temos condições de alcançar o certificado antes do prazo final. Vamos ouvir as entidades do segmento e estudar as possibilidades que serão debatidas”, destacou o deputado Nininho.


Gabinete do deputado Nininho

Telefone: (65) 3313-6320