Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Quinta-feira, 18 de novembro de 2021 10h21


REQUERIMENTO

Lúdio requer esclarecimentos sobre seletivo da Saúde feito sem divulgação e com prazo de apenas 5 dias para inscrição

Contratação de 950 pessoas para Hospital Metropolitano e Regional de Rondonópolis não foi publicada no Diário Oficial nem no site da SES.

LAISE OLEAS LUCATELLI / Gabinete do deputado Lúdio Cabral



Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) requereu, na sessão de terça-feira (16), informações e documentos ao secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, para esclarecer o processo seletivo simplificado lançado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) para contratar 950 pessoas, sendo 790 para o Hospital Metropolitano de Várzea Grande e 160 para o Hospital Regional de Rondonópolis. Lúdio chamou a atenção para os prazos curtos e a falta de publicidade do seletivo, que foi assinado na quinta-feira (11), com prazo de inscrição entre sexta (12) e terça (16).
“A necessidade de profissionais nos hospitais é evidente. Mas é muito estranho a Secretaria de Saúde não dar publicidade a esse processo seletivo e colocar um prazo de inscrição tão curto, de apenas cinco dias, com um feriadão de três dias no meio, para que os candidatos enviem currículos e documentos por e-mail. Os currículos serão analisados entre os dias 17 e 22 de novembro e, depois disso o resultado será divulgado”, disse Lúdio Cabral.
No requerimento, o parlamentar pede justificativa para o prazo de inscrição ser tão exíguo. Ele também questiona se o edital foi publicado no Diário Oficial do Estado, no site da SES ou do governo estadual e qual o motivo de não ter sido feita ampla divulgação desse processo seletivo. O deputado perguntou ainda qual será o critério de classificação dos candidatos e se há previsão de concurso público.
“É muito importante realizar um processo seletivo para atender às necessidades dos hospitais, mas com ampla publicidade e transparência. Eu procurei no Diário Oficial e no site da Secretaria e não encontrei divulgação sobre isso. É preciso dar oportunidade a todos que queiram se inscrever. O ideal seria realizar concurso público, pois estamos há 20 anos sem concurso na SES”, observou.


Gabinete do deputado Lúdio Cabral