Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Quarta-feira, 11 de março de 2020 17h50


MELHORIA IMPORTANTE

Após cobrança do deputado, escolas da região oeste serão climatizadas

As escolas estaduais de São José dos Quatro Marcos e Cáceres receberão transformador de energia e aparelhos de ar condicionado até junho deste ano.

ROSE DOMINGUES / Gabinete do deputado Dr. Gimenez



Dr. Gimenez (PV) esteve com o secretário-adjunto Allan Porto nesta terça-feira (10) para tratar de demandas para a educação da região oeste

Foto: ROSE DOMINGUES

Escolas da região oeste, de municípios como São José dos Quatro Marcos e Cáceres, terão seus problemas com climatização resolvidos neste primeiro semestre pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Esse foi o resultado da reunião do deputado estadual Dr. Gimenez (PV) com o secretário-adjunto Allan Porto. 

Conforme o parlamentar, que esteve na Seduc nesta terça-feira (10), as unidades estão na lista para receber transformadores de energia e aparelhos de ar condicionado. A medida visa melhorar o conforto térmico e o atendimento de crianças e jovens da educação pública de Mato Grosso, já que o calor excessivo impacta diretamente na aprendizagem. 

“As nossas unidades escolares precisam ser ambientes seguros, atrativos e com estrutura adequada para proporcionar um ensino de qualidade às nossas crianças e aos jovens, por isso temos semanalmente acompanhado os pedidos de melhorias junto à Secretaria de Educação”, salientou Dr. Gimenez. 

Em Quatro Marcos, as escolas estaduais Lourenço Peruchi e Zeferino José de Matos constam como prioritárias, bem como a Senador Mario Motta, de Cáceres, onde foi feita a conclusão da reforma elétrica no ano passado, porém não houve a instalação do posto de transformação e nem a aquisição de 21 aparelhos de ar condicionado. 

“Já tivemos casos de tonturas, diarreias e até mesmo desmaios por causa do calor, no período de seca, a situação fica mais grave”, explica a diretora Gislaine Fernandes, que confirma a falta de concentração dos alunos, um total de 800 do ensino fundamental e médio, em razão das altas temperaturas do município. 

Em Quatro Marcos, as escolas estaduais Lourenço Peruchi e Zeferino José de Matos constam como prioritárias para receber climatização

Foto: ROSE DOMINGUES

A mesma situação é enfrentada pela escola estadual Pedro Galhardo, de Mirassol D’Oeste, mas que deverá ser resolvida em até 180 dias por força de uma liminar judicial obtida pelo Ministério Público do município. “Nós estamos acompanhando tudo isso desde o ano passado para garantir que os alunos da nossa região possam ser bem atendidos e por entender que educação é prioridade”, acrescentou o parlamentar, que também esteve recentemente em Pontes e Lacerda.

Apesar de constar como contemplada pela Seduc no quesito climatização, a escola Miguel Barbosa, de Quatro Marcos, segundo a diretora Jane Santos Corrêa, desde o ano passado está solicitando um novo transformador para a secretaria, pois o antigo não suportou a sobrecarga dos aparelhos de ar condicionado e “explodiu”.

“Houve uma grande chuva no mês de setembro, quando o transformador velho estourou, deixando os alunos sem aula por uma semana. Logo após, aluguei emergencialmente um transformador que foi substituído por outro que o técnico da Seduc trouxe até o município, mas que sucessivamente vem apresentando problemas”. 

Jane também solicita reparos no muro muito antigo e que apresenta problemas na estrutura; além disso, a escola precisa de uma nova quadra poliesportiva, já que antiga foi desativada há cerca de dez anos, após ficar comprometida por um temporal e cair. A escola atualmente possui 400 alunos. 

Já a escola de Cáceres conseguiu a reforma elétrica no ano passado, mas aguarda instalação do transformador e 21 aparelhos de ar-condicionado

Foto: ROSE DOMINGUES

Outras demandas 

Dr. Gimenez também demandou à Seduc a construção de uma quadra poliesportiva para a escola estadual Professor João Florentino Silva Neto, no Distrito de Caramujo, em Cáceres. O projeto de engenharia está aprovado e a emenda direcionada para este fim, falando apenas execução. O mesmo foi solicitado para Araputanga e Glória D’Oeste, onde há obras de projetos aprovadas e empenhadas desde 2017 para as escolas Tancredo Neves e José Bejo.

Embora conste como "climatizada", a escola Miguel Barbosa, de Quatro Marcos, está com problemas com o transformador que "explodiu" várias vezes desde setembro do ano passado

Foto: ROSE DOMINGUES


Gabinete do deputado Dr. Gimenez


Associadas


Imagens


Notícias