Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Quinta-feira, 19 de dezembro de 2019 12h38


PRIORIDADES

Faissal critica destinação de 1,4 milhão da AL para evento natalino

Para o deputado do PV, a aprovação de recursos para ações prioritárias acaba ficando em segundo plano

Paulo Wagner / Gabinete do deputado Faissal



Foto: Ronaldo Mazza

Durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa de terça-feira (17), o deputado Faissal Calil (PV) expressou seu descontentamento em relação ao arquivamento do projeto de lei de sua autoria que institui o Fundo Parlamentar de Amparo à Saúde e Educação da Assembleia Legislativa (Fupase-AL). Faissal destacou que o arquivamento, além de ser um desrespeito à população mato-grossense e ao seu trabalho, fere o regimento interno da casa, tendo em vista que foi votado e arquivado durante o período em que ele esteve licenciado de seu trabalho parlamentar.

O Fupase-AL tem como objetivo a complementação de recursos financeiros destinados a diversos programas nas áreas de saúde e educação. O fundo prevê como principal fonte de recursos a renúncia da verba indenizatória dos deputados que, a exemplo de Faissal, abriram mão deste recurso para que ele fosse revertido em ações e projetos sociais.

Em seu discurso, Faissal também demonstrou indignação pelo fato de a Assembleia Legislativa ter contratado por R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil de reais) uma empresa para realizar um evento natalino e não destinar 200 mil reais para custear o projeto da Frente Parlamentar de Defesa do Desenvolvimento do Vale do Rio Cuiabá.

“Como coordenador da Frente Parlamentar de Defesa do Desenvolvimento do Vale do Rio Cuiabá, que inclui 13 municípios da baixada cuiabana, eu fico triste de ver que o pedido de 200 mil reais que fiz para a Mesa Diretora desta Casa, visando recursos para elaboração de um Plano de Desenvolvimento para a região  - com a doação de mais 200 mil reais pelo Sebrae - não tenha sido aprovado. Em contrapartida, vemos aqui a destinação de recursos da Assembleia Legislativa de quase um milhão e meio para um evento natalino. Abrimos mão da verba indenizatória, mas queremos que ela seja revertida para a solução dos problemas mais urgentes da nossa população, como saúde, educação e projetos voltados para o desenvolvimento dos municípios”, destacou o deputado Faissal.


Gabinete do deputado Faissal