Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Quinta-feira, 29 de agosto de 2019 16h39


SOCIAL

Presidente Jair Bolsonaro intervém no caso de Jarudore

Representantes de Jarudore têm o apoio da bancada federal e estadual de Mato Grosso para solucionar a situação do território que é considerado indígena

SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS / Gabinete do deputado Delegado Claudinei



Delegado Claudinei se reúne com o presidente Jair Bolsonaro

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) se reuniu com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), nesta quinta-feira (29), para tratar de assuntos relacionados ao estado de Mato Grosso. Entre as pautas discutidas, a desocupação territorial de 2.500 moradores – não índios – da comunidade Jarudore, em Poxoréu (MT).

Desde o dia 20 de agosto, aqueles que ocupam as áreas de 1.930 hectares deveriam ter se retirado e atendido o prazo de 45 dias, conforme determinação judicial relativa à ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF), para a reintegração de posse de terra pelos povos indígenas Bororo. Já as áreas com 1.730 hectares, o período determinado foi de 90 dias para a devida desocupação.

Com a bancada federal e de outros deputados estaduais de Mato Grosso presentes na reunião, foi reforçada a situação de Jarudore ao presidente da República para avaliar a possiblidade de reverter essa decisão judicial. “Reforçamos a situação de Jarudore e prontamente o presidente Bolsonaro solicitou que o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU) se reunisse com o prefeito e os moradores de Jarudore que estavam também em Brasília. Isso foi muito bom! Não queremos ver essas famílias desamparadas. Só queremos uma solução”, comenta Delegado Claudinei.

Reunião - Claudinei participou da reunião entre o ministro da AGU, André Luiz Mendonça, o prefeito de Poxoréu, Nelson Paim (PDT), o vereador Batata (PSB) e o morador Carlos Antônio do Carmo, conhecido por “Mineiro”. “O ministro ficou de ajudar nos trâmites para conseguir uma possível câmara de conciliação no Tribunal Regional Federal (TRF) da 1° Região, entre a comunidade de Jarudore e a Fundação Nacional do Índio (Funai) de Brasília. E, claro, com o envolvimento dos governos municipal e estadual e com a intervenção do advogado da AGU que tentará reverter este decreto federal”, explica o deputado estadual.

Para Mineiro, que mora há exatamente 20 anos em Jarudore, a oportunidade foi ótima e excelente. “O deputado (Claudinei) estava presente com a gente. Graças a Deus está tudo encaminhado. Agora, a gente está indo para o caminho certo e isso não é fácil acertar. Agora, a bancada mato-grossense agarrou duro com a gente e foi para frente. O ministro (André) vai intervir com o TRF1 e já vai acionar a Funai para ter um acordo para dar tudo certo. Agora, estamos esperançosos”, contenta o morador.

Funai – O ministro da AGU fechou uma agenda com o presidente da Funai, Marcelo Augusto Xavier, nesta tarde de quinta-feira (29), às 17h, para discutir a situação de Jarudore e verificar a possibilidade de realizar a câmara de conciliação com o TRF1 para que os moradores desta comunidade possam permanecer no território. “Saímos da reunião com o ministro, vamos vencer essa batalha. Agradeço a bancada federal e estadual. Somos todos Jarudore”, manifesta o prefeito de Poxoréu, que destacou que o encontro reacendeu a esperança no povo de Jarudore.

Durante a reunião com o presidente Bolsonaro, compareceram, além do André Mendonça, os ministros da Educação, Abraham Weintraub, das Relações Exteriores, embaixador Ernesto Henrique, da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Os senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), os deputados federais Neri Geller (PP), José Medeiros (Pode), Nelson Barbudo (PSL), Dr. Leonardo (SD) e Juarez Costa (MDB) também marcaram presença. Na esfera estadual, o Delegado Claudinei esteve acompanhado do governador Mauro Mendes (DEM) e os deputados estaduais Thiago Silva (MDB), Nininho (PSD), Sebastião Rezende (PSC) e Sílvio Fávero (PSL).

O Território Indígena de Jarudore possui uma extensão de 4.706 hectares, sendo que os moradores vivem e exploram atividades econômicas na região há mais de 70 anos.


Gabinete do deputado Delegado Claudinei

Telefone: (65) 3313-6358