Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Segunda-feira, 2 de março de 2020 18h53


EMPENHO

Barra do Garças terá sua primeira escola militar em 2020

Após audiência pública, o Executivo confirmou a unidade para o segundo semestre de 2020. Dr. Eugênio é um dos maiores apoiadores da causa

DIEGO SAPORSKI / Gabinete do deputado Dr. Eugênio



Foto: DIEGO SAPORSKI

A cidade de Barra do Garças já tem data para receber a sua primeira Escola Militar Tiradentes. A afirmação é do deputado estadual Dr. Eugênio (PSB), que juntamente com o vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (PDT), e da secretária de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, se reuniram nesta segunda-feira (2) com o prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias (MDB), e o secretário de Educação, Alberico Rocha Lima. Na reunião, ficou decidido o funcionamento da Escola Militar Tiradentes já para o segundo semestre deste ano.

Nos próximos dez dias, uma equipe técnica designada pela secretária avaliará a escola que terá estrutura para abrigar a Escola Tiradentes. O prefeito Roberto Farias fez questão de que a escola seja implantada no município antes de findar 2020.

“A escola, criada no mandato de meu pai [Wilmar Peres], enquanto governador, estará em Barra do Garças”, comemorou o prefeito. Desde sua concepção, Mato Grosso tem oito unidades escolares desse modelo já implantadas; com a de Barra do Garças, será a nona.

A secretária estadual de Educação reforçou que a escola militar terá como estrutura as dependências da Escola Estadual São João Batista, no bairro Santo Antônio, onde hoje estudam 480 alunos. “Estamos analisando essa estrutura, que atende todos os requisitos pela sua localização. Esperamos colocá-la em atividade ainda neste ano”, informou.

O vice-governador lembrou que, devido à burocracia e os trâmites legais, o funcionamento da escola será a partir do segundo semestre. Pivetta também fez questão de confirmar o compromisso do governo do estado para, em parceria com a gestão municipal, cuidar da educação da cidade.  “A cisão entre estado e município não pode ocorrer quando se trata de educação. Somos um só, educando o filho mato-grossense”, disse.

Um dos maiores apoiadores da Escola Tiradentes em Barra do Garças, deputado estadual Dr. Eugênio, disse que o ideal é que haja uma escola militar para cada cidade que tem um comando regional da PM. “No Araguaia, temos uma em Confresa e agora teremos em Barra do Garças. Também estou em tratativas com o estado para levar uma para Água Boa”, contou Eugênio.

Luta – Desde o início de seu mandato, Dr. Eugênio, juntamente com o vereador Júlio César (PSDB), tm cobrado sobre o tema. Em abril de 2019, o deputado se reuniu com o secretário-adjunto de Educação, Alan Porto, levando a demanda ao governo de Mato Grosso. Em setembro, o parlamentar discutiu com a população em audiência pública a retomada das obras do projeto em Barra do Garças, na antiga instalação da Escola Dom Bosco.

Além disso, o deputado realizou diversas reuniões com o Executivo estadual mostrando a situação de todas as escolas da região do Araguaia.

Desde que se cogitou a instituição da Escola Tiradentes de Barra do Garças, a população espera que seja instalada no prédio da antiga Escola Dom Bosco. Porém, a prefeitura municipal recebeu o regime  de comodato da unidade, o que levou o gestor a construir no local a maior creche do estado de Mato Grosso, para aproximadamente 1.000 crianças.

Gestão compartilhada - O modelo de gestão compartilhada com a Polícia Militar de Mato Grosso será composto por: gestão estratégica, gestão cívico-militar e gestão pedagógica. Na parte estratégica, a Secretaria de Educação, em articulação com a Polícia Militar, ficará responsável pelo planejamento e definição de estratégias para a prática pedagógica da Escola Militar Tiradentes de Barra do Garças.

Na gestão cívico-militar, caberá à Polícia Militar implantar na escola rotinas militares que possam contribuir para o desenvolvimento de um ambiente que cultive a disciplina, o respeito à hierarquia, a meritocracia e a promoção de um ambiente organizado e acolhedor, voltado à melhoria da aprendizagem dos estudantes.

Na gestão pedagógica e administrativa, a Secretaria de Estado de Educação será responsável pela execução do projeto político pedagógico definido pela comunidade escolar.


Gabinete do deputado Dr. Eugênio