Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015 17h11


SAÚDE

Max Russi defende estadualização do hospital de Jaciara

Iniciativa prevê ampliação das especialidades médicas e maior eficiência dos serviços.

KATIÚSCIA MANTELI / ASSESSORIA DE GABINETE



Deputado Max defende estadualização do hospital de Jaciara (Foto: Assessoria SES/MT)

O deputado estadual Max Russi (PSB) e o secretário de Saúde de Jaciara, Edinaldo Fernando de Souza, levaram ao conhecimento do secretário de Estado de Saúde, Marco Bertúlio, a urgente necessidade de estadualizar o hospital do município, a fim de ampliar as especialidades médicas e oferecer melhor qualidade nos serviços de saúde pública para os moradores da região.

Apesar de ser municipal, Max enfatiza que “na prática, o atendimento da unidade já é regionalizado, pois recebe pacientes dos municípios circunvizinhos”.

O parlamentar, que foi prefeito de Jaciara por oito anos, explica que, por isso, “há um déficit mensal na receita, uma vez que os repasses são inferiores à demanda do hospital”.

O Hospital Municipal de Jaciara foi comprado pelo Estado e doado ao município que ficou com responsabilidade de mantê-lo. A unidade tornou-se referência na região com suas especialidades básicas e de emergência, além da obstetrícia, cardiologia, pediatria, clínica médica e cirurgias eletivas e atende atualmente pacientes dos quatro municípios do Vale do São Lourenço.

A unidade também é responsável pelo atendimento de todos os pacientes vítimas de acidente que acontecem, diariamente, na BR-364.

O secretário Edinaldo falou sobre os benefícios que a estadualização trará não só para os moradores de Jaciara, mas a todos os pacientes da região atendidos pela unidade.

“As ações de saúde pública serão mais qualificadas, desde a atenção básica até especialidades de média complexidade, e a população melhor atendida, com mais agilidade e rapidez nos procedimentos, bem como desafogará a unidade de Rondonópolis, ofertando mais vagas aos outros municípios”, disse.

Ele também destacou a ausência de leitos de Unidade de Terapia Intensa (UTI). “Nesses casos, precisamos mandar nossos pacientes para unidades de Rondonópolis, Tangará da Serra, Várzea Grande, Cáceres ou onde houver vagas”.

Bertúlio esclareceu que a regionalização dos serviços deve ser pactuada entre os municípios da região e que o assunto será pauta de reunião da Comissão Intergestora Regional (CIR).

“Levaremos o debate para a CIR e vamos analisar todos os dados financeiros, técnicos e de profissionais de saúde que dispõe a unidade para então definir sobre a viabilidade de regionalizar a unidade”, disse o secretário.

Max defendeu ainda que, caso não haja viabilidade para a estadualização, o Governo tenha uma maior participação no aporte dos recursos para garantir a continuidade e qualidade dos serviços. Ele destacou também a importância desse aporte não só para o Hospital de Jaciara, mas para as 51 unidades municipais de Mato Grosso, destacando como exemplo, Campo Verde, Alto Araguaia, Poxoreu e outros.

 

Mais informações: 

Assessoria de Gabinete do deputado Max Russi

(65) 9264-5005 / (65) 3313-6330

 


Gabinete do deputado Max Russi

Telefone: (65) 3313-6330


Associadas


Imagens