Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Sexta-feira, 5 de julho de 2019 15h44


CAUSAS SOCIAIS

ALMT acata emenda de Max Russi e recursos poderão diminuir desigualdade social em MT

O parlamentar também é autor de um projeto de lei complementar que sugere a destinação integral da arrecadação do Fundo Estadual de Erradicação da Pobreza exclusivamente aos projetos sociais do estado.

JOSÉ MARQUES / Gabinete do deputado Max Russi



Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi  (PSB), defende a autonomia total da receita do Fundo de Apoio às Ações Sociais de Mato Grosso (FUS/MT) da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). A Emenda nº 4, ao Projeto de Lei 559/2019 do Executivo Estadual, de autoria do parlamentar, foi acatada pela Casa de Leis nessa semana

Russi reforçou ainda que não concorda que essa arrecadação do FUS/MT seja administrada pelo Sistema Financeiro de Conta Única. "Para dar transparência a esse recurso e para que ele possa ser gerido pela própria secretaria e assim seja investido em políticas públicas, visando diminuir a desigualdade social em nosso estado", argumentou.

Max Russi comemorou o apoio dos colegas de parlamento e assegurou que vai acompanhar e cobrar, para que esses recursos sejam direcionados de forma integral à Setasc. "Vou fiscalizar e trabalhar, para que esse dinheiro chegue na ponta, e assim sejam criados mecanismos de melhoria de vida para as famílias que mais necessitem . Tão danoso como a corrupção é o dinheiro mal investido", afirmou.

Max também é autor de um projeto de lei complementar que sugere a destinação integral da arrecadação do Fundo Estadual de Erradicação da Pobreza exclusivamente aos projetos sociais do estado. Ele questiona uma brecha na Lei Complementar nº144, que abre possibilidade de utilização dos recursos financeiros para pagamento de pessoal, encargos sociais e demais despesas.

"Sou contra a Conta Única e tenho certeza de que se direcionarmos esses recursos de forma completa, nossas dificuldades financeiras serão menores. A nossa intenção é corrigir essa distorção", esclareceu.


Gabinete do deputado Max Russi

Telefone: (65) 3313-6330