Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Sexta-feira, 31 de janeiro de 2020 10h13


ARTICULAÇÃO

Deputado discute alternativas para manter carroceiros em Cuiabá

Wilson Santos intermediou diálogo de categoria com Emanuel Pinheiro, que se comprometeu a auxiliar trabalhadores

RAFAEL COSTA ROCHA / Gabinete do deputado Wilson Santos



Foto: Ronaldo Mazza

Com o propósito de aperfeiçoar a legislação municipal já em vigência, que proíbe a circulação de veículos com tração animal, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) intermediou, na tarde de quinta-feira (30), uma reunião dos membros da Associação dos Carroceiros, da grande região do CPA, com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Em janeiro deste ano, a Câmara Municipal de Cuiabá aprovou uma mensagem de autoria do Executivo que proíbe o uso de animais como cavalos e jumentos para puxar carroças.

Trabalhadores que se dedicam diariamente à carroceria, temendo a impossibilidade de trabalhar, que afeta diretamente a renda familiar, entraram em contato com o deputado Wilson Santos em busca de apoio.

Inicialmente, o parlamentar atendeu-os no auditório Milton Figueiredo, na sede da Assembleia Legislativa, para discutir a demanda da categoria e as dificuldades impactadas com a legislação municipal.

Em seguida, partiram em direção ao Palácio Alencastro, onde foram recebidos pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Lá, o prefeito informou que está aberto ao diálogo para aperfeiçoar a gestão municipal e pediu a categoria dos carroceiros que mantenha proximidade com o deputado Wilson Santos para apresentar as propostas.

“Jamais faria algo para prejudicar essa classe trabalhadora. Peço à categoria que tenha o deputado Wilson Santos como parceiro e apresente o que pode ser aperfeiçoado na lei municipal. Pela experiência como vereador, ex-prefeito e deputado, pode perfeitamente contribuir com o município”, disse.

O deputado Wilson Santos, por sua vez, se colocou à disposição para auxiliar no que for necessário. “São trabalhadores simples que não podem ser sacrificados pela legislação municipal. Vou manter diálogo com a categoria para identificar o que pode ser feito pela preservação da atividade em conciliação com as regras de respeito aos animais”, disse.

A presidente da Associação dos Carroceiros, Odiena Gonçalves, destacou a necessidade de manter a atividade, que é a única fonte de renda de muitos trabalhadores.

“A maioria são analfabetos que não sabem escrever o próprio nome. São chefes de família que se submetem a transportar entulhos e a condições de trabalho precárias para obter renda”, disse.

Trabalhando com carroceria há mais de 40 anos, José Fernandes Pimenta contou que não sabe o que fazer da vida se ficar proibido de transportar entulhos para garantir renda.

“Minha família tem 8 pessoas. Sou aposentado com um salário mínimo e minha única oportunidade de ganhar um pouco mais de dinheiro é com a utilização da charrete. Quero manter meu emprego. Espero que tudo dê certo”, destacou.

Enquanto prefeito de Cuiabá, Wilson Santos foi o responsável pela criação dos ecopontos. Trata-se de terrenos prontos para receber o lixo reciclável e abrigar restos de construção, alimentos, papel, eletrodomésticos, animais mortos e pneus. A medida permitiu, por exemplo, que esses materiais não fossem jogados nas lagoas existentes em Cuiabá e prejudicassem ainda mais o meio ambiente.


Gabinete do deputado Wilson Santos

Telefone: (65) 3313-6420